Warning: Declaration of ryv_widget::widget($args) should be compatible with WP_Widget::widget($args, $instance) in /home/iseso/public_html/wp-content/plugins/random-youtube-video/widget.php on line 94

Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/iseso/public_html/wp-content/plugins/random-youtube-video/widget.php:94) in /home/iseso/public_html/wp-content/plugins/wp-super-cache/wp-cache-phase2.php on line 58
DIÁRIO DE BORDO BANGLADESH– DIA DE VIAGEM - Banco de Negócios Inclusivos Banco de Negócios Inclusivos

DIÁRIO DE BORDO BANGLADESH– DIA DE VIAGEM

Sentimento de empoderamento, os pobres se tornaram banqueiros!

São 06h45 no Grand Prince Hotel, pessoas dispostas a ver a realidade. Hoje fomos para uma viagem de um dia, para algumas vilas perto de Dhaka. Grameen significa, no idioma local, “O Banco da Vila”. O Grameen não está autorizado a operar nas cidades, então pegamos um carro e em mais ou menos uma hora chegamos em uma filial. Este é o coração do Grameen Bank, gerindo microcrédito no dia a dia das comunidades locais. Há mais de 2.567 filiais cruzando toda Bangladesh.

Os tomadores de empréstimo não são considerados clientes, mas são membros, parte de uma família. Eles são donos do banco, com mais de 97% na participação de ações. Sentimento de empoderamento, os pobres se tornaram banqueiros. Os outros 3% pertencem ao governo de Bangladesh (e existem alguns conflitos políticos que irei descrever em breve). Nesse escritório local que visitei (de aparência extremamente simples, sem computador, com algumas mesas e cadeiras apenas, junto de pilhas e pilhas de controles financeiros em papel), só aqui, mais de 600 milhões TK (takas, moeda local) estão em contas de poupança. Aproximadamente
US$7.709.090,00. Tivemos uma conversa amigável com um Gerente de Filial, responsável por permitir todos os empréstimos naquela região. Mas, não foi o suficiente.

Orlando e Marcelo. Arredores de Dhaka, Bangladesh.

Nós gostaríamos de sentir o microcrédito na comunidade. Nós fomos para dentro dos pequenos caminhos desta vila no meio de Bangladesh, honrados de participar em uma reunião central com os moradores da vila. Foi intenso, eles nos receberam com muita alegria, tínhamos um tradutor para nos ajudar. Naquele dia, uma vez por semana, todos os líderes de cada grupo de tomadores de empréstimo (com 5-10 membros em cada grupo) pagam os empréstimos adquiridos e discutem mais investimentos para o futuro, alavancando o seu pequeno negócio, que pode ser a venda de frutas,  roupas, vegetais, vacas, frangos, CNGs (o mini-carro, parecido com o indiano, que serve como taxi) e assim por diante.

Atenção:  taxa global de pagamentos no Grameen Bank é de cerca de 97% sobre todos os empréstimos em execução, muito superior do que em bancos comerciais. O mais impressionante: Grameen não utiliza nenhum documento, ele oferece empréstimos sem garantia, com base neste grupo de confiança que iremos explorar um pouco mais.

CONTINUA…

#BANGLADESH #GRAMEENBANK #BNI

Orlando Nastri Neto é aluno da graduação da FEA-RP e atua como estagiário no Grameen Bank, em Bangladesh, é membro do BNI da USP–RP e foi Vice-Presidente do Centro de Voluntariado Universitário. Email: orlando.neto@bni.org.br

Responder